7 práticas positivas para rankear bem o seu site no Google.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Confira 7 práticas positivas para rankear bem o seu site no Google e ter seu conteúdo reconhecido na internet!

Nos dias de hoje, a internet é um dos principais meios para buscar informações e vender produtos e serviços. Tudo pode ser encontrado online, e ainda, tudo deve ser encontrado online se quiser ter alguma forma de reconhecimento e sucesso. 

Para que as pessoas te encontrem no digital, é preciso ter a chamada “presença online”. Porém ter uma presença online, ao contrário do que muitos podem pensar, não é simplesmente ter um site ou uma página nas redes sociais.

Isso porque milhões de pessoas, lojas, produtos e empresas estão online, mas nem todas são encontradas pelos seus clientes em potencial. O motivo para isso é que a maioria não está bem rankeada no google. 

Ser “bem rankeado” nada mais é que estar entre os primeiros resultados de busca do Google ou de outras plataformas de pesquisa. É estar dentro da lista de sites e páginas que as pessoas têm mais possibilidade de acessar, consequentemente conhecendo seu produto, serviço e conteúdo como um todo. 

E obviamente, todos que tem uma página da web querem que isso aconteça, e quanto mais visitantes qualificados, melhor para o seu negócio! Sendo assim, separamos algumas práticas positivas para te ajudar a rankear bem e poder crescer na internet!

7 práticas positivas para rankear bem o seu site no Google

Existem muitas informações disponíveis sobre como rankear bem o seu site no Google, porém nem todas são sobre práticas positivas. O problema de não seguir as boas práticas é que o resultado pode ser o contrário do esperado, e sua página da web pode acabar sendo penalizada pelo Google. 

Então, preste atenção nas recomendações que vamos apresentar a seguir:

1) Conheça seu público

Primeiramente, para poder criar uma estratégia e tomar medidas para rankear bem no Google, é preciso saber quem vai procurar pela sua página e para quem o seu conteúdo deve ser feito. 

Assim, será possível trabalhar temáticas específicas e personalizar suas páginas para alcançar um melhor resultado. 

Ou seja, o primeiro passo é conhecer o seu público. 

Se o seu foco é a venda de um produto ou serviço, se pergunte para quem isso é voltado, quem costumam ser seus consumidores. Quais são as principais dúvidas e desafios dessas pessoas? Como você pode ajudar?

Conheça seu público e crie conteúdos específicos para eles, de acordo com o que eles buscam no Google!

2) Crie conteúdos de qualidade

Não adianta conhecer o seu público e criar materiais específicos para eles se o seu conteúdo não é de qualidade! Isso significa principalmente artigos bem escritos e verídicos, sem enrolações ou fake news!

Quanto melhor o conteúdo do site, mais tempo as pessoas vão passar lendo e mais motivada estarão para continuar explorando o seu blog e para compartilhá-lo nas suas redes sociais. Isso é fundamental para aumentar a autoridade do site e, consequentemente, para seu posicionamento. 

E muitos erros de ortografia, plágios e informações falsas podem ter o efeito contrário e fazer com que os mecanismos de busca penalizem o seu site.

3) Crie conteúdos acessíveis

A acessibilidade é algo que é muito bem vista por todos, inclusive pelo Google e outros mecanismos de busca. Ou seja, além de permitir que qualquer um possa conhecer o seu conteúdo, você também pode melhorar sua posição. A acessibilidade também é muito bem vista pelo Google e ajuda o seu site a rankear melhor! 

Um exemplo é em caso de pessoas com algum tipo de dificuldade visual ou de leitura, como é o caso de indivíduos cegos, com dislexia ou TDAH, por exemplo. Para eles, a melhor solução é disponibilizar conteúdos em áudio na página como, por exemplo, fazendo posts em áudio e criando podcasts. 

E vale ressaltar que ter conteúdos em áudio também pode ajudar uma série de outras pessoas, pois permite  que qualquer um escute e aprenda no seu site enquanto faz outras tarefas diárias, como cozinhar, por exemplo.

4) Esteja presente nas redes sociais

Para ser visto e conhecido, é preciso estar presente onde seu público está. Isso significa não apenas ter um site, mas também ter redes sociais. 

Faça o link de suas redes sociais com o seu site, compartilhe seu conteúdo e incentive seus seguidores a fazer isso também! O Google e outros mecanismos de busca irão perceber essa atividade e também favorecer o seu rankeamento!

Caso seu site tenha acessibilidade com conteúdos em áudio, uma das opções é utilizar a ferramenta Blogplay que por sua vez também torna seus conteúdos compartilháveis nas redes sociais em formato de podcast criando ainda mais engajamanto.

5) Estude mais sobre SEO

O termo “SEO” vem de “Search Engine Optimization”, ou em tradução literal como “Otimização dos Mecanismos de Busca”, que são um conjunto de práticas e estratégias para otimizar e rankear bem o seu site no Google. 

Isso incluiu o uso de palavras chave, link building, performance, arquitetura da página, estruturação de conteúdo e muito mais. 

O SEO está em constante atualização e tem uma grande influência em como o seu site vai rankear no google, então estude mais sobre e continue sempre estudando!

Também existe a possibilidade de contratar profissionais especializados nessa área.

6) Tenha páginas amigáveis e seguras

A segurança do seu site também conta como boa prática para se destacar na internet. Por isso, é fundamental ter um certificado SSL, que vai atestar que a sua página é segura e confiável. 

Também é importante ter páginas amigáveis, ou seja, de fácil navegação, intuitiva e convidativa. Assim, a experiência dos usuários será fácil e positiva, fazendo com que eles permaneçam mais tempo no seu site e possivelmente o compartilhem para outras pessoas. O Google vai notar isso e também te beneficiar!

7) Tenha paciência

Não é da noite para o dia que o seu site vai ficar bem rankeado no Google e ter resultados positivos. 

Essa é uma estratégia de médio a longo prazo. Portanto, é preciso ter paciência e continuar estudando, criando conteúdos e seguindo práticas positivas. Assim o resultado virá!

Considerações finais

Agora que você já conhece 7 práticas positivas para rankear bem o seu site no Google, o próximo passo é colocá-las em prática! 

E você pode contar com o BlogPlay para te ajudar a tornar seu conteúdo acessível e inclusivo, permitindo compartilhá-lo nas principais plataformas de áudio e se destacar ainda mais!

COPYRIGHT © 2020. NOSSA VOZ PRODUTORA DE ÁUDIO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.