Acessibilidade Digital: A importância de conteúdos em áudio

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Uma pesquisa realizada em 2019, apontou que cerca de 99% dos sites brasileiros possuem algum tipo de falha que impede a acessibilidade digital.

Isso significa que marcas que se preocupam com essa problemática acabam construindo um diferencial de mercado.

Segundo dados do IBGE, no Brasil, há mais de 6,5 milhões de pessoas com alguma deficiência visual. Além disso, a Dislexia atinge cerca de 15 milhões de brasileiros.

Sem contar as estatísticas de outros grupos de indivíduos com dificuldades de leitura, podemos concluir que milhões de pessoas no país não conseguem ter acesso a inúmeros conteúdos, fora e dentro da internet.

Portanto, atingir esse público deve ser uma meta para todas as organizações, tendo em vista que além de promover inclusão e acessibilidade digital, também é uma grande oportunidade de alcançar novos consumidores.

Continue a leitura e descubra a importância de inserir conteúdos em áudio nas suas páginas da internet e de que forma fazer isso.

A acessibilidade digital é lei!

De acordo com o Artigo 63 da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência):

“É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”

Normalmente, as pessoas com algum tipo de deficiência já possuem em seus dispositivos softwares específicos que possibilitam a navegação na internet.

No entanto, isso não significa que não há necessidade de ajustar as suas páginas para promover maior acessibilidade e inclusão.

Qual a relação do áudio com a acessibilidade digital?

A acessibilidade digital é um conceito que visa possibilitar que todas as pessoas possam consumir conteúdo na internet com uma boa experiência.

O áudio é um recurso que permite que indivíduos com dificuldades visuais ou de compreensão de textos e leitura possam navegar na internet e interagir sem intermediários, ou seja, sem ajuda de outras pessoas.

Da mesma forma que cadeirantes necessitam de rampas para acessar os estabelecimentos físicos, as pessoas com deficiência precisam de recursos facilitadores para acessar conteúdos no ambiente virtual.

Essa acessibilidade traz impactos positivos na inclusão digital, que por sua vez promove a inclusão social.

Tipos de conteúdo em áudio

O áudio ajuda a democratizar o acesso à informação, e não apenas de materiais de cunho educacionais e jornalísticos, mas também de entretenimento.

Além disso, esse tipo de conteúdo pode ser utilizado com sucesso nas estratégias de marketing digital, trazendo grandes resultados.

Existem diversas formas de criar conteúdos de áudio para promover inclusão e acessibilidade digital. Conheça algumas dessas soluções abaixo:

1.      Posts narrados

Essa forma de utilização do áudio no blog consiste em narrar os posts e disponibilizar um player para que o usuário possa ouvir em vez de ler.

Esse recurso não é benéfico somente para pessoas com algum tipo de deficiência, mas para todos os indivíduos.

Isso porque por meio do conteúdo em áudio é possível realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo, como se exercitar enquanto escuta o material disponibilizado, por exemplo.

Atualmente, existem diversos softwares e aplicativos no mercado que possibilitam a conversão de textos em áudio.

No entanto, a fim de melhorar a experiência dos usuários no blog, muitas empresas preferem contratar um narrador profissional para deixar a leitura mais natural e menos robotizada.

2.      Áudio no site

O áudio no site, diferentemente da narração de posts, consiste na utilização de um software que fará a leitura do conteúdo presente em todas as páginas do site.

Isso é de extrema importância para aprimorar a experiência do usuário na sua página e melhorar a sua marca.

Por exemplo, considere que em um artigo do seu blog (acessível) você está falando sobre o seu produto ou serviço. Ao final do texto há uma chamada para ação que direciona para a página de vendas.

No entanto, se essa página não possuir os recursos necessários para promover a acessibilidade digital, toda a estratégia do marketing terá sido em vão. Por isso, é necessário compreender que essa inclusão é um processo que precisa ser integrado em todo o site.

3.      Podcasts

Um podcast é como se fosse um programa de rádio onde você aborda um tema de interesse do seu público-alvo. Ele pode ser gravado por uma pessoa ou em grupo, como se fosse um bate-papo entre amigos.

Assim como ocorre na narração dos posts de blog, esse tipo de conteúdo não é benéfico apenas para pessoas com deficiências. Além disso, essa é uma excelente forma de fidelizar clientes.

A razão para isso é que escutar os materiais disponibilizados podem começar a fazer parte da rotina deles, já que é possível ouvir um podcast simultaneamente com outra tarefa, como por exemplo enquanto trabalha.

Dessa forma, percebe-se a importância de manter uma constância na produção desse tipo de conteúdo para que ele possa trazer resultados significativos.

4.      Audiolivro

O Audiolivro funciona da mesma forma que a narração de posts de blog. No entanto, essa estratégia tem se tornado um grande diferencial de mercado.

Quando uma pessoa decide adquirir um livro, além do conteúdo escrito ela tem a opção de baixar o formato de áudio para escutar. Algumas empresas ainda optam por disponibilizar a gravação da narração em um CD, entretanto, essa prática está em desuso.

Considerações finais

Conforme pudemos ver ao longo desse artigo, o conteúdo em áudio é uma excelente maneira de promover a acessibilidade digital.

Isso porque apesar de existirem softwares de leitura, muitas vezes estes não fazem a correta interpretação do texto e não são capazes de transmitir a emoção que a marca quer passar com aquele material produzido.

Por fim, é importante frisar que essa inclusão digital também é relevante comercialmente como estratégia de negócio. Isso porque há um público imenso para ser alcançado e com baixa concorrência, pois nem todas as marcas estão atentas a essa problemática.

Além disso, os recursos de acessibilidade digital também promovem impactos positivos sobre o desempenho do site da empresa na internet. Provocando efeitos na performance SEO (otimização para mecanismos de busca), melhorando o engajamento e aumentando a audiência.

COPYRIGHT © 2020. NOSSA VOZ PRODUTORA DE ÁUDIO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.